SPAT na Cacique

Alunos de curso técnico realizam evento sobre saúde emocional
Com a pandemia aumentaram os casos de depressão, estresse e problemas relacionados ao isolamento
O estresse é uma das maiores causas de afastamento do trabalho, sendo muitas vezes associado a outros problemas, como depressão, crises de ansiedade e pânico. Os problemas da saúde emocional do trabalhador não podem ser ignorados porque geram doenças físicas, como fadiga, dores de cabeça, hipertensão, doenças gastrointestinais e cardiovasculares.
A turma de alunos do Curso Técnico em Segurança no Trabalho e Meio Ambiente (T-39) do Senac de Rio Claro realizou uma Semana de Prevenção de Acidentes no Trabalho (SPAT), de 17 a 20 de agosto, na cerâmica Cacique Vasos Esmaltados, em Santa Gertrudes. Foi a primeira vez que uma empresa abriu as portas para receber o evento estudantil, que teve como tema “Você é a ferramenta mais valiosa dessa empresa. Cuide-se!”

O assunto foi escolhido porque com a pandemia, os problemas emocionais e de relacionamento aumentaram, além disso, muitas pessoas tiveram que lidar com a perda de amigos e familiares, além das restrições impostas pelo isolamento.
A empresária Luciene Pedrosa explicou que abriu as portas aos estudantes para promover momentos de troca de informações e experiências, que fortalecessem as relações e confiança no ambiente de trabalho. “Nós dependemos uns dos outros, por isso precisamos cuidar do nosso emocional, dos nossos sentimentos e, com isso, vamos ter resultados melhores no trabalho e satisfação”, disse ela.
Em quatro dias de evento os temos tratados foram: saúde mental, o que é ergonomia, tipos de ergonomia, doenças e tratamentos, ginástica laboral, acidentes de trabalho e uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). Os estudantes realizaram várias dinâmicas e sorteios de brindes.
A estudante Joanides Maria Ferreira disse que a experiência abriu uma nova percepção sobre a importância do técnico de segurança no ambiente de uma empresa. “Nossa missão é primar pela segurança das pessoas com o uso dos equipamentos, dos processos adequados, mas acima de tudo não podemos nos esquecer de que estamos lidando com pessoas. É uma sensibilidade que o profissional não poder perder de vista”, disse ela.
O professor do Senac, Nilson Zanella, disse que o evento foi muito satisfatório e atingiu os objetivos propostos. As atividades desenvolvidas visaram a reflexão sobre os cuidados com a saúde física e metal, recomendar atitudes seguras, ações preventivas e reforçar os cuidados com procedimentos de segurança. “Foi planejado levando em consideração o momento em que estamos vivendo, a pandemia e os riscos do ambiente de trabalho.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Enviar Mensagem
💬 Estamos on-line
A Cacique Vasos está on-line.
Olá, Seja bem vindo a Cacique Vasos. Em que podemos te ajudar?
Clique em enviar para entrar em contato com nossa equipe.